×
Mamão
Maio 17, 2021
MAMÃO/CEPEA: Exportações recuam em abril...
Porém, estão maiores do que no mesmo mês de 2020

Por Wharlhey de Cássia Nunes e Marcela Barbieri

 

MAMÃO/CEPEA: Exportações recuam em abril... Ver fotos

Piracicaba, 17 – Em abril, as exportações brasileiras de mamão chegaram a recuar um pouco frente a março. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), a quantidade enviada atingiu 4,66 mil toneladas, recuo de 6% em relação ao mês anterior. A receita, em dólar, somou US$ 4,74 milhões (FOB), queda de 7% na mesma comparação.

Segundo agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, isso pode ter ocorrido como reflexo da safra de primavera/verão da Europa – a qual seguiu como principal compradora, com participação de 89% frente ao total exportado pelo País em abril –, que aumentou a disponibilidade de frutas locais no continente, a preços mais competitivos.

Apesar deste cenário, os embarques brasileiros de mamão foram bem maiores do que em abril de 2020, quando os entraves aéreos eram bastante significativos, e 10% superiores aos do mesmo mês de 2019, ano antes da pandemia. Vale destacar que, atualmente, boa parte dos países europeus segue com restrições de voos comerciais, mas aceitam os aviões cargueiros, que, apesar de estarem caros e darem preferência para produtos menos perecíveis, têm sido essenciais para assegurar os melhores resultados deste ano.

Com o câmbio favorável ao exportador brasileiro e o reaquecimento da economia europeia, é esperado que as exportações nacionais de mamão sigam em bons patamares em maio.

Fonte: hfbrasil.org.br e Secex

Tags
Cepea
comércio internacional de frutas
envios de mamão
exportações de frutas
exportações de mamão
HF Brasil
mercado internacional de mamão
produção de mamão