07/09/2020

HORTIFRUTI/CEPEA: Como o consumidor irá se comportar após o isolamento?

Hortifruti Brasil lista os hábitos que podem se manter enquanto a pandemia persistir

Por Hortifruti Brasil
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
HORTIFRUTI/CEPEA: Como o consumidor irá se comportar após o isolamento?Ver fotos

Piracicaba, 07 – Mesmo com a maior flexibilização da quarentena em estados e municípios brasileiros, cautela deve continuar sendo a palavra-chave dos consumidores nos próximos meses – tanto em relação à saúde quanto à economia. O período de isolamento social praticamente passou e, agora, inicia-se a consolidação do distanciamento social, com maior flexibilização e reabertura de bares e restaurantes. Porém, mesmo após o fim da quarentena mais rígida, brasileiros pretendem manter alguns hábitos enquanto a pandemia persistir. Confira:

1. CAUTELA E SELETIVIDADE NAS COMPRAS – Com a recessão econômica, a perda de empregos e as perspectivas incertas de ganho, consumidores tendem a ser mais cautelosos e seletivos em suas compras, o que pode impactar negativamente nas vendas de HF's mais caros.

2. RETOMADA LENTA AO FOOD SERVICE Muitos consumidores não pretendem, logo de cara, voltar a frequentar bares, restaurantes e outros estabelecimentos com aglomerações, tanto pela preocupação financeira quanto pelo receio de contrair o vírus. Assim, muitos devem restringir as idas aos restaurantes a quilo, temendo, por exemplo, que a higienização dos utensílios não seja constante e adequada.

3. RETOMADA AOS HOTÉIS – Turistas também devem retomar as idas a hotéis em maior intensidade só em 2022. Ressalta-se aqui que muitas frutas, como o mamão e o melão, tiveram o escoamento comprometido a esses estabelecimentos, tendo em vista que são oferecidos no café da manhã.

4. COMPRAS ON-LINE PERMANECEM – A experiência de compras on-line foi positiva e consumidores devem permanecer utilizando o serviço no pós-quarentena, tanto de refeições prontas quanto no varejo.

5. ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL VOLTA À TONA – Após crescimento do consumo por indulgência, a priorização da alimentação saudável e mais consciente deve voltar a ganhar espaço. Além disso, consumidores devem dar maior importância ao consumo de produtos locais e de proteínas de origem vegetal.

Para conferir outras mudanças no consumo do brasileiro em tempos de pandemia, acesse a edição de agosto da Hortifruti Brasil, clicando aqui.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, consumo de frutas e hortaliças na pandemia, consumo do brasileiro na pandemia, Hortifruti Brasil, mudanças no consumo do brasileiro, pandemia e consumo de HF, perspectivas para o pós-quarentena

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui