24/08/2018

UVA/CEPEA: Branca sem semente se valoriza no Vale

Produtores têm boas expectativas para a exportação

Por Ana Roselino e Letícia Julião
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
UVA/CEPEA: Branca sem semente se valoriza no ValeVer fotos

Piracicaba, 24 - Nesta semana (20 a 24/08), o preço das uvas brancas sem semente apresentou alta frente à passada no Vale do São Francisco (PE/BA), resposta à oferta restrita na região. Com a proximidade do início das exportações, alguns parreirais de variedades mais precoces já se encontram em período de colheita, mas estes representam porcentagem muito pequena da área total, segundo viticultores. Maiores volumes devem ser observados a partir da primeira semana de setembro, quando ocorrerão as colheitas e embalos para os envios internacionais. Com o preço do dólar favorável para exportações, viticultores se mostram animados para iniciar as atividades, devendo escoar boa parte da produção para o comércio internacional, que deve apresentar valores mais atrativos do que no mercado interno – na parcial deste mês de agosto, os preços das uvas brancas sem semente estiveram 10,4% inferiores frente ao mesmo período do ano passado. 

Nesta semana, a valorização uva branca sem semente foi de 7,8% quando comparada à passada, fechando média de R$ 7,10/kg. Já para crimson, os preços ficaram em R$ 5,81/kg, o que representa baixa de 8,8% na mesma comparação. Isso porque outras variedades com preços mais competitivos, tais como a BRS isis, tem interferido no volume comercializado e limitado valorizações da vermelha sem semente, mesmo com a oferta reduzida desta.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, cotações, exportação, HF Brasil, preço, sem semente, uva, vale do são francisco

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui