30/12/2021

RETROSPECTIVA 2021: Tomate

Saiba como esteve o mercado do produto neste ano

Por Felipe S. Wohnrath, Luana Chiminasso, Uriel Tiago P. Assis e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
RETROSPECTIVA 2021: TomateVer fotos

Piracicaba, 30 – A área total se reduziu 4% em 2021 frente ao ano anterior, devido à queda de 10,4% no cultivo de tomate de mesa. A área industrial, por outro lado, cresceu 5% em relação a 2020, diante dos estoques baixos.

No mercado de mesa, o recuo esteve atrelado ao receio dos produtores, visto que tanto a demanda (menor poder de compra do consumidor) quanto os preços recuaram de forma expressiva a partir de março/21 – nesse mês, os valores ficaram abaixo dos custos de produção. Esse cenário também foi visto no pico da safra de inverno, em junho/21, influenciando ainda mais na redução da área.

Ainda, preços abaixo dos custos em junho e julho de 2020 foram determinantes para a diminuição de área em 2021, sobretudo para os produtores que concentraram a colheita nestes meses. Custos altos e a competição com outras culturas também motivaram os menores investimentos.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: área de tomate em 2021, Cepea, HF Brasil, mercado de tomate em 2021, preços de tomate, produção de tomate, retrospectiva do mercado de tomate em 2021, tomate

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui