08/04/2020

MELÃO/CEPEA: Balanço das exportações da safra 2019/20 é positivo

Pandemia resulta em cautela no planejamento da nova campanha

Por Maria Giulia Marchesi e Marcela Barbieri
Em parceria com
Agristar
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Balanço das exportações da safra 2019/20 é positivoVer fotos

Piracicaba, 08 – Março foi marcado pelo fim da safra de exportações do melão brasileiro, que tem produção concentrada no Rio Grande do Norte/Ceará. Apesar de o crescimento da receita ter sido limitado pelos menores preços da fruta, os resultados foram positivos, em decorrência do aumento de 10% no volume enviado – o qual totalizou aproximadamente 235 mil toneladas entre agosto/19 e março/20, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

O principal destino continuou sendo a Europa, que recebeu aproximadamente 227 mil toneladas do melão brasileiro durante a campanha. Holanda, o principal país importador, consumiu cerca de 40% do total exportado pelo Brasil ao continente, seguido por Espanha, com 29% na mesma comparação, e Reino Unido, com 24% – também segundo dados da Secex.

SAFRA 2020/21 – Ainda é cedo para previsões mais concretas, porém, produtores do RN/CE estão cautelosos em relação ao planejamento da nova campanha, cujo plantio deve se iniciar nos próximos meses. Isso porque a pandemia da covid-19 está enfraquecendo a economia mundial, gerando receio quanto ao fechamento de contratos internacionais e aos pagamentos. Assim, acredita-se que atrasos possam ocorrer na safra 2020/21.

De acordo com agentes, apesar de o agravamento de casos do novo coronavírus ao redor do mundo ter se iniciado em um período em que as exportações de melão brasileiro estavam finalizadas – o que minimizou os impactos –, cenário bastante preocupante tem sido observado nos países da América Central, que exportam a fruta entre fevereiro e maio. Já houve, por exemplo, retenção das cargas de Honduras ao acessar a China e até redução da demanda europeia pela metade pelos melões da Costa Rica.

Fonte: hfbrasil.org.br e Secex

Tags: Cepea, coronavírus, demanda, exportações de frutas durante covid-19, exportações de melão, impactos do coronavírus nas exportações de frutas, melão, mercado internacional, oferta, safra 2019/20 de exportação de melão

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui