07/06/2019

MAMÃO/CEPEA: Formosa se valoriza, mas nem tanto, no Oeste da BA

Grande número de frutas verdes interfere nas cotações

Por Gabriel C. Barbosa e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAMÃO/CEPEA: Formosa se valoriza, mas nem tanto, no Oeste da BAVer fotos

Piracicaba, 07 - Nesta semana (03 a 07/06), o mercado de mamão formosa se manteve com a “cara” de final de mês, na região Oeste da Bahia. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, a demanda seguiu limitada, o que desfavoreceu maiores aumentos nas cotações. Sendo assim, apesar do menor volume da fruta, a média obtida pelos produtores foi de R$ 0,65/kg, aumento de apenas 7% em relação à semana passada.

Além da baixa demanda, o grande número de frutas verdes também interferiu nas cotações. De acordo com produtores do Oeste da Bahia, a procura começou a melhorar no decorrer da semana e, devido à oferta limitada, a variedade pode se valorizar nas próximas semanas. Porém, a incidência de manchas fisiológicas e frutas graúdas pode voltar a ser um “gargalo” para os produtores locais – já que a manutenção das baixas temperaturas pode resultar neste cenário.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: baixa demanda, baixa oferta, Cepea, frutas verdes, HF Brasil, mamão formosa, mercado fraco, oeste da bahia, preços de mamão

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui