30/04/2020

MAÇÃ/CEPEA: Graúdas sustentam cotações, ao contrário de miúdas

Covid-19 e fim de mês afetam vendas

Por Ana Raquel Mendes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAÇÃ/CEPEA: Graúdas sustentam cotações, ao contrário de miúdasVer fotos

Piracicaba, 30 - Com o fim de mês e o feriado na sexta-feira (1º), algumas classificadoras vivenciaram maiores dificuldades na comercialização da maçã nesta semana (27 a 30/04), principalmente as que ainda mantinham preços mais altos. Vale destacar, porém, que aquelas empresas que já estavam escalonando a oferta não tiveram tantos problemas para vender.

Mas isso foi apenas o cenário geral, pois enquanto para as maçãs Cat 3 a partir do calibre 180, os desafios permanecem e os preços seguem em queda em função da baixa procura e da elevada disponibilidade, o quadro é o oposto para as maçãs até o calibre 135 Cat 1. Assim, na média das regiões classificadoras, a gala calibre 110 Cat 1 foi vendida a R$ 86,38/cx de kg e a fuji calibre 110 Cat 1 a R$ 93,92/cx de kg, manutenção frente à semana passada.

Para as próximas semanas, mesmo que ocorra a estabilização de preços, o escoamento das maçãs miúdas Cat 3 deve continuar sendo um desafio para as classificadoras, pelo menos até que as escolas, restaurantes, cozinhas industriais e feiras livres retomem suas atividades.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, covid-19, dificuldades na comercialização, fim de mês, HF Brasil, maçã fuji, maçã gala, preço de maçã

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui