13/07/2021

HORTIFRUTI/CEPEA: Especial Hortaliças 2021

Custo de produção de cebola em Lebon Régis (SC)

Por Hortifruti Brasil
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
HORTIFRUTI/CEPEA: Especial Hortaliças 2021Ver fotos

Piracicaba, 13 – Pela segunda vez, a equipe Hortifruti/Cepea se reuniu com produtores e técnicos da região de Lebon Régis (SC) para apurar os custos de produção de cebola, cujos resultados estão na edição de junho da revista Hortifruti Brasil. O Painel, ocorrido no dia 25 de maio de 2021, foi realizado de forma remota, devido à pandemia.

O estado de Santa Catarina é responsável por cultivar quase metade da área de cebola do Brasil. A região de Lebon Régis, por sua vez, se destaca dentro do estado catarinense pelo maior nível de tecnologia e também pelo clima, que favorece a produção do bulbo.

A apuração dos custos produção foi referente à safra 2020/21, que, vale ressaltar, já foi encerrada e, portanto, está com dados consolidados. Para efeito de comparação, também são apresentados os custos da safra 2018/19 (último levantamento), já publicados na edição de 2019.

A produção em Lebon Régis, normalmente, vai de dezembro a fevereiro e a comercialização se estende do início da safra até abril, mas, neste ano, seguiu até maio. A produtividade média estimada no Painel na safra 2020/21 recuou 13,2% frente a 2018/19, passando de 38 t/ha, para 33 t/ha. O motivo foi a falta de chuvas neste ano. A escala típica da propriedade da região continua com 10 hectares. Esse produtor, além da cebola, trabalha também outras culturas, como tomate.

Quer saber mais? Confira o estudo completo, com os custos detalhados da região, na edição de junho da Hortifruti Brasil, clicando aqui.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: área de cebola no Brasil, Cepea, custo de produção de cebola, custos para produzir cebola, Hortifruti Brasil, produção de cebola em Lebon Régis, produtividade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui