05/12/2019 às 23:00

CITROS/CEPEA: Cotação da pera se recupera

Exportações podem colaborar com escoamento da tahiti

Por Caroline Ribeiro, Isabela Camargo e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: Cotação da pera se recuperaVer fotos

Piracicaba, 06 – O início de mês permitiu certa retomada das vendas de laranja no mercado de mesa paulista. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, a demanda esteve mais elevada pela pera com melhor qualidade e pelas tardias – que têm maior oferta de frutas com o padrão demandado pelo segmento em relação às de meia-estação.

Nesta semana (02 a 06/12), a laranja pera registrou média de R$ 28,05/caixa de 40,8 kg, na árvore, alta de 2,4% em relação à semana passada. Para a valência, a média de comercialização foi de R$ 24,37/caixa de 40,8 kg, na árvore, leve recuo de 2% frente ao período anterior. Para a natal, o valor foi de R$ 24,54/cx de 40,8 kg, na árvore, baixa de 2,4% no mesmo comparativo.

Já quanto à lima ácida tahiti, o aumento gradativo do volume de frutas miúdas segue pressionando as cotações da variedade. Na parcial desta semana, a média da tahiti foi de R$ 38,65/cx de 27 kg, colhida, recuo de 14,5% em relação à semana passada.

A expectativa de produtores de tahiti consultados pelo Hortifruti/Cepea é de continuidade das baixas, por conta do aumento na oferta. Por outro lado, essa elevação pode ser positiva aos embarques internacionais, uma vez que a demanda externa pode se intensificar a partir de agora, principalmente por parte da União Europeia.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, citricultura, citros, cotação, exportação de tahiti, oferta de laranja, oferta de tahiti, preço de limão, preços de laranja, qualidade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui