29/11/2019

CITROS/CEPEA: Com diferentes calibres, preço da tahiti varia

Mercado de cítricos é calmo no fim do mês

Por Caroline Ribeiro, Isabela Camargo e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: Com diferentes calibres, preço da tahiti variaVer fotos

Piracicaba, 29 – Os preços da lima ácida tahiti têm se enfraquecido no mercado de mesa paulista, influenciados pelo aumento da oferta de frutos de menor calibre. Os valores, inclusive, estão discrepantes: enquanto a fruta de maior calibre foi negociada por volta de R$ 50,00/cx, as menores chegaram a R$ 25,00/cx. Assim, a média da tahiti no período (25 a 29/11) foi de R$ 45,21/caixa de 27 kg, colhida, forte recuo de 21,5% em relação à semana passada.

Nesta última semana do mês, o mercado de mesa esteve calmo para a laranja e os preços, praticamente estáveis. Agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea avaliam que o período de fim de mês pode ter limitado o consumo neste segmento. Nesta semana, a laranja pera registrou média de R$ 27,40/cx de 40,8 kg, na árvore, estável (-0,2%) em relação à da semana passada.

Em relação à tangor murcote, produtores informam que a colheita já está em fase de finalização, devendo se encerrar nos próximos dias. Os poucos volumes restantes, contudo, apresentam qualidade inferior à demandada pelo mercado de mesa, fator que impacta as cotações. Na semana, a variedade registrou média de R$ 67,40/cx de 40,8 kg, na árvore, recuo de 5,7% em relação à do período anterior.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: calibre da tahiti, Cepea, citricultura, citros, cotação, demanda, oferta de citros, oferta de laranja, preço de murcote, preço de tahiti, preços de citros, preços de laranja

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui