05/03/2021

UVA/CEPEA: Queda nas exportações prejudica comercialização da BRS vitória

Chuvas limitaram qualidade e envios na semana

Por Bárbara Castilha e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
UVA/CEPEA: Queda nas exportações prejudica comercialização da BRS vitóriaVer fotos

Piracicaba, 05 - Ainda que as chuvas no Vale do São Francisco (PE/BA) não tenham causado problemas sérios na uva como em 2020, a leve queda na qualidade afetou as exportações nesta semana (1º a 05/03). Com os resultados positivos de fevereiro/21, viticultores esperavam que os envios continuassem bons, mesmo antes da abertura de janela de exportação – que deve ocorrer em abril, como de costume. No entanto, com a perda na qualidade das bagas, as comercializações foram restritas, tanto para os Estados Unidos quanto para a Europa, o que aumentou o volume das sem semente no mercado interno.

Apesar de as uvas brancas serem as principais variedades exportadas, a BRS vitória, que no geral é mais resistente às precipitações, teve aumento no volume. Assim, foi a cultivar com cotações mais afetadas, à média de R$ 8,59/kg para a embalada, queda de 6,6% frente à semana passada.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação, demanda, oferta, preço, uva

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui