01/10/2020

UVA/CEPEA: Apesar de aumento de oferta, mercado interno segue desabastecido

Câmbio favorável torna mercado externo ainda mais atrativo

Por Bárbara Castilha e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
UVA/CEPEA: Apesar de aumento de oferta, mercado interno segue desabastecidoVer fotos

Piracicaba, 1° – A produção de uvas no Vale do São Francisco (PE/BA) tem melhorado gradualmente, em termos de oferta, nas últimas semanas. Ainda assim, o aumento na colheita não foi suficiente para abastecer os mercados interno e externo. No geral, agentes têm priorizado os envios internacionais, principalmente diante da taxa de câmbio favorável. Além disso, a demanda por uvas na União Europeia segue firme, mesmo com o andamento das safras na Itália, Espanha e Grécia.

No Brasil, colaboradores consultados pelo Hortifruti/Cepea relatam que os volumes de uva nordestina estão escassos nas centrais atacadistas. Essa redução na oferta das finas tem impactado positivamente nas vendas da niagara: mesmo em semanas de colheita mais intensa, os preços permaneceram firmes.

Com as cotações em alta, o escoamento tem sido lento, tanto na Ceagesp quanto na Ceasa em Campinas (SP). Este cenário pode continuar até pelo menos o final do ano, quando regiões do Sudeste devem iniciar a colheita de suas uvas, amenizando a situação de baixa disponibilidade no mercado interno.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, colheita de uva no Vale do São Francisco, cotação de uva, exportações de uva em 2020, HF Brasil, oferta de uva, oferta de uvas finas, preços de uva, produção de uva, uva, uva niagara

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui