09/10/2018

MELÃO/CEPEA: Safra começa em menor ritmo

Atraso na colheita da Espanha impacta os primeiros embarques

Por Ana Raquel Mendes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Safra começa em menor ritmoVer fotos

Piracicaba, 09 – As exportações de melão da temporada 2018/19 se iniciaram com ritmo lento em agosto, no Rio Grande do Norte/Ceará. Assim, o volume embarcado da fruta foi 37% inferior na parcial da safra (agosto e setembro), em relação ao mesmo período da temporada anterior, totalizando apenas 26 mil toneladas, de acordo com dados da Secex (Secretaria de Comércio Exterior). A receita adquirida foi ainda menor (-41%), com arrecadação de US$ 19 milhões.

Neste mesmo período, alguns dos principais destinos (como Holanda, Inglaterra e Espanha) reduziram os pedidos de melão brasileiro e foram, consequentemente, os maiores responsáveis por esta queda nos embarques nacionais. Com isso, a Europa – principal consumidora da fruta – importou menos da metade do volume do ano passado.

Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, a safra espanhola pode ter sido um dos motivos para o ocorrido, uma vez que seu atraso e a elevada produção causaram saturação do mercado europeu no início das exportações brasileiras. Vale ressaltar, ainda, que frutas concorrentes (como a melancia) vêm ganhando espaço no mercado internacional, atraindo maior atenção dos consumidores locais.

Fonte: hfbrasil.org.br e Secex

Tags: Cepea, envios de melão à Europa, exportações de melão, Hortifruti Brasil, melão, melão RN/CE, mercado internacional, safra de melão da Espanha, secex

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui