20/11/2020

MELÃO/CEPEA: Novembro é marcado por queda de preço no RN/CE

Vendas seguem difíceis no mercado interno

Por Maria Giulia Marchesi, Carolina Travaglini e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Novembro é marcado por queda de preço no RN/CEVer fotos

Piracicaba, 20 - Na parcial de novembro (até 20/11), o preço do melão amarelo tipo 5 a 8 apresentou queda de 24% no Rio Grande do Norte/Ceará frente ao mesmo período do mês passado, sendo comercializado na média de R$ 21,36/cx de 13 kg. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, o ocorrido se deve ao leve aumento da oferta, comum neste período, já que a exportação geralmente fica mais controlada diante da proximidade do inverno europeu – cenário que deve continuar sendo observado nos próximos meses. E há, ainda, a dificuldade em escoar esse volume no mercado interno, em decorrência das restrições econômicas, da não retomada total de algumas atividades importantes (como escolas e hotéis) e do clima mais ameno e chuvoso no Sudeste (sobretudo em São Paulo) em algumas semanas.

Nos próximos dias, o mercado interno de melão deve seguir lento, considerando-se as limitações do poder de compra do consumidor na segunda quinzena do mês. Apesar de a Europa estar passando pela segunda onda da covid-19, os envios internacionais, por enquanto, estão seguindo os contratos estabelecidos. Porém, os pedidos extras ou de acréscimos, que ocorreram no começo da campanha, já não têm sido muito frequentes.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, exportações, HF Brasil, leve aumento da oferta, melão amarelo, nova onda da covid-19, preço de melão, queda de preço, rn/ce, vendas fracas

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui