24/08/2018

MELÃO/CEPEA: Mesmo com exportação, preço recua no RN/CE

Na roça, preços caem com qualidade e demanda limitadas

Por Ana Raquel Mendes, Marcela Barbieri e Letícia Julião
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Mesmo com exportação, preço recua no RN/CEVer fotos

Piracicaba, 24 - A demanda por melão pouco se alterou nesta semana (20 a 24/08) e as cotações seguem pressionadas nas regiões produtoras. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, no Vale do São Francisco (PE/BA), alguns produtores tiveram problemas fitossanitários, o que restringiu a colheita e limitou a qualidade do melão. Além disso, outros produtores ainda relataram que as frutas não atingiram o °Brix necessário para a colheita - teor de açúcar adequado -, limitando a oferta. Com isso, a comercialização na região teve como foco o mercado a granel, reduzindo a oferta de embalados. 

Para a região produtora do Rio Grande do Norte/Ceará, mesmo com a boa qualidade das frutas e a presença reduzida de miúdos, o mercado interno permaneceu fraco, com queda nas vendas regionais e para a Ceagesp - o preço médio do amarelo tipo 6 e 7 foi de R$ 22,57/cx de 13 kg (-2%). Colaboradores acreditam que apesar do aumento da temperatura, o que geralmente impulsiona o consumo, a demanda permaneceu reduzida por ser fim de mês - momento em que a renda do consumidor costuma estar mais limitada. Em contrapartida, as exportações do RN/CE para a Europa seguem com cenário positivo em sua terceira semana, tendo como destino principal a Inglaterra e Holanda.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: amarelo, Cepea, cotações, HF Brasil, melão, preço, rn/ce, vale do são francisco

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui