13/07/2018

MELÃO/CEPEA: Apenas graúdas se valorizam no mercado doméstico

Aumento dos preços é observado no RN/CE e na Ceagesp

Por Marcela Barbieri e Letícia Julião
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Apenas graúdas se valorizam no mercado domésticoVer fotos

Piracicaba, 13 – O excesso de melões miúdos seguiu pressionando as cotações nas regiões produtoras nesta semana (09 a 13/07). Em contrapartida, a pouca disponibilidade dos maiores tamanhos favoreceu bons preços para estes calibres. De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, o ocorrido foi influenciado pelas baixas temperaturas que, principalmente no período da noite, continuaram limitando o desenvolvimento do melão nas roças.

Com isso, enquanto o amarelo tipo 6 e 7 foi comercializado na média de R$ 26,00/cx de 13 kg no Rio Grande do Norte/Ceará (valor 1% superior ao da semana passada), a variedade tipo 11 e 12 foi vendida por apenas R$ 19,00/cx (queda de 7% na mesma comparação). Houve relatos de que este cenário foi, ainda, mais acentuado nos centros atacadistas. Na Ceagesp, por exemplo, a desvalorização dos menores tamanhos foi mais expressiva por conta do acúmulo das frutas nos boxes – ora impulsionado pelas férias, ora pelas baixas temperaturas registradas na capital paulista.

Como o clima frio deve continuar favorecendo a oferta de miúdos e desfavorecendo as vendas na próxima semana, baixos patamares devem continuar sendo observados, mesmo com o volume de fruta disponível ainda controlado.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: amarelo, calibre, Cepea, cotações, graudo, HF Brasil, melão, miudo, oferta, preço

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui