17/05/2019

MELANCIA/CEPEA: Apesar de menor oferta, preços recuam em Uruana

Graúda desvaloriza 12,7% na semana

Por Laleska Moda e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELANCIA/CEPEA: Apesar de menor oferta, preços recuam em UruanaVer fotos

Piracicaba, 17 - As cotações da melancia recuaram em Uruana (GO) nesta semana (13 a 17/05). Os preços foram influenciados, sobretudo, pela menor demanda, decorrente do clima ameno nos principais polos consumidores. A fruta graúda (>12 kg) foi comercializada, em média, a R$ 0,80/kg, queda de 12,7% frente à semana passada. Vale apontar que, após um leve aumento na oferta em Uruana (GO) na última semana, colaboradores consultados pelo Hortifruti/Cepea indicam que o volume colhido na praça voltou a recuar nos últimos dias.

Além da menor produtividade esperada neste mês, decorrente das chuvas durante a florada em março, produtores realizaram o plantio nos últimos meses de forma escalonada. Enquanto que as precipitações também atrapalharam as atividades, melancicultores realizam o escalonamento especialmente para evitar um grande acúmulo de frutos e eventual recuo das cotações para patamares muito próximos dos custos de produção, que vêm aumentando gradualmente nos últimos anos. Assim, colaboradores acreditam que a oferta de melancias em Uruana deve seguir mais restrita nas próximas semanas, reduzindo a pressão sobre as cotações.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: clima, cotação, demanda, goiás, melancia, oferta, plantio, preço, produtividade, qualidade, Uruana

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui