11/09/2020

MANGA/CEPEA: Com palmer em queda, preço da tommy é superior no Vale

Exportações aos EUA sustentam cotações

Por Felipe Spessotto e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MANGA/CEPEA: Com palmer em queda, preço da tommy é superior no ValeVer fotos

Piracicaba, 11 - Os preços da manga palmer registraram queda nesta semana (08 a 11/09) no Vale do São Francisco (PE/BA). Apesar de a tommy não ter se valorizado, as cotações ficaram praticamente estáveis, permitindo que seus preços fossem superiores aos da palmer. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, a maior firmeza nos preços da tommy deve-se às exportações aquecidas para os Estados Unidos, visto que esta é a principal variedade brasileira demandada por este país.

No caso da palmer, apesar de ser exportada à Europa, os envios ao bloco têm se concentrado na variedade keitt. Além disso, as outras praças que colhem atualmente (Norte de MG e Livramento de Nossa Senhora/BA) têm maior oferta de palmer do que de tommy, impactando também na disponibilidade das variedades no mercado doméstico. No Vale, a palmer teve média de R$ 1,64/kg (-4,6%) e a tommy, de R$ 1,69/kg (-0,5%).

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação, demanda, eua, exportação, juazeiro, manga, mercado interno, oferta, palmer, Petrolina, preço, tommy, vale do são francisco

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui