20/08/2021

MAMÃO/CEPEA: Clima esquenta e aumenta um pouco a oferta

Preços voltam a recuar na roça

Por Wharlhey de Cássia Nunes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAMÃO/CEPEA: Clima esquenta e aumenta um pouco a ofertaVer fotos

Piracicaba, 20 - Nesta semana (16 a 20/08), os preços do mamão voltaram a recuar nas regiões produtoras. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, isso ocorreu por conta do mercado mais fraco da segunda quinzena e do leve aumento na oferta no Norte do Espírito Santo e no Sul da Bahia no período – o clima mais quente acelerou um pouco a maturação da fruta que estava no pé, mas esse incremento ainda foi bem pequeno.

Assim, o formosa foi vendido por R$ 1,26/kg na praça norte capixaba, recuo de 19% em relação à semana passada. Destaca-se que, para essa variedade, muitos produtores ainda têm colhido frutas bastante verdes, para tentar aproveitar os “maiores” preços que vinham sendo praticados até semana passada. Já o havaí tipo 12 a 18 foi comercializado por R$ 0,60/kg na sul baiana, queda de 10% na mesma comparação. É importante mencionar que a qualidade inferior também resultou neste cenário, havendo maior incidência de manchas, sobretudo para o havaí.

Para a próxima semana, é esperado que a procura de mamão diminua diante da aproximação do fim do mês e que o calor persista, aumentando um pouco mais a oferta, principalmente de havaí, o que pode pressionar as cotações.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, clima mais quente, desvalorização, havaí e formosa, HF Brasil, leve aumento na oferta, mercado mais fraco, Norte do Espírito Santo, preço de mamão, sul da bahia

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui