07/11/2019

HORTIFRUTI/CEPEA: Mulheres conquistam espaço na indústria de alimentos!

Empresas comandadas por mulheres investem na demanda por produtos saudáveis

Por Luana Guerreiro
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
HORTIFRUTI/CEPEA: Mulheres conquistam espaço na indústria de alimentos!Ver fotos

Piracicaba, 07 – Diante da crescente demanda mundial por alimentos mais saudáveis e nutritivos, cinco empresas da indústria alimentícia, lideradas por mulheres, têm se destacado nesta busca pela promoção da saúde e do bem-estar. Todas, vale destacar, começaram como pequenos negócios e crescem ano a ano.

A primeira delas é a empresa Daily Harvest, criada em 2016, e comandada por Rachel Drori, a qual desenvolveu uma linha de produtos congelados e de consumo instantâneo, com alto teor nutritivo. O objetivo? Facilitar a rotina, sem perder os conceitos de qualidade e saudabilidade.

Outa empresária, Kara Goldin, fundadora da Hint (em 2005), procurou uma alternativa saudável para as bebidas calóricas, explorando o mercado de águas aromatizadas naturalmente. Já visando atender à necessidade de alimentos que colaborem para o bom rendimento escolar das crianças, as empreendedoras Kristin Groos Richmond e Kirsten Saenz Tobey criaram, em 2006, a Revolution Foods, empresa que serve refeições naturais e de alta qualidade nas escolas.

A Late July, por sua vez, foi criada em 2002, por Nicole Bernard, com a proposta de comercializar lanches saudáveis, saborosos e com apelo sustentável – que possam ser consumidos por toda família. Por fim, Julie Smolyansky herdou a Lifeway Foods, empresa fundada em 1986 por sua família, a qual produz kefir e está investindo em novos produtos, como suplementos e probióticos.

Alguma dúvida de que as mulheres chegarão ainda mais longe na indústria de alimentos?

Fonte: Forbes.com

Tags: alimentação saudável, Cepea, consumo, indústria alimentícia, mulheres lideram empresas de alimentos, participação da mulher na indústria alimentícia, saúde e bem-estar

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui