15/03/2019

CITROS/CEPEA: Precoces freiam preços da pera

Exportações amenizam elevado volume de tahiti no mercado interno

Por Caroline Ribeiro e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: Precoces freiam preços da peraVer fotos

Piracicaba, 15 – A oferta de laranja da safra corrente (2018/19) segue escassa em São Paulo, principalmente a de frutas com melhor qualidade. Produtores consultados pelo Hortifruti/Cepea têm, inclusive, relatado encerramento da colheita de pera e tardias, cenário que pode se acentuar nos próximos dias.

Por outro lado, o início da produção de precoces da temporada 2019/20 já começou a "frear" o movimento de alta nas cotações da pera. Em termos de demanda por estas frutas, contudo, a colheita de laranjas ainda verdes limita o escoamento. Nesta semana (11 a 15/03), a média da pera foi de R$ 42,64/cx de 40,8 kg, na árvore, valor 4,9% inferior à passada.

No caso da lima ácida tahiti, as exportações estiveram mais aquecidas nos últimos dias, colaborando para o controle do volume interno – com as chuvas, o crescimento das frutas nas árvores tem se acelerado, abarrotando o mercado de mesa. Nesta semana, a média da variedade no mercado doméstico foi de R$ 14,07/cx de 27 kg, colhida, recuo de apenas 2,4% em relação à anterior. Já as exportações de tahiti, segundo a Secex (Secretaria de Comércio Exterior), totalizaram 9 mil toneladas em fevereiro, alta de 40% frente a janeiro.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, citricultura, citros, colheita de laranja 2019/20, cotação, início da colheita de laranjas precoces, oferta de laranja 2018/19, preços de laranja, preços de tahiti

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui