08/03/2019

CITROS/CEPEA: Chuvas impactam ainda mais a qualidade das laranjas

Preço da tahiti recua no segmento industrial

Por Caroline Ribeiro e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: Chuvas impactam ainda mais a qualidade das laranjasVer fotos

Piracicaba, 08 – O carnaval limitou a demanda por laranja nos últimos dias. Do lado da oferta, chuvas em São Paulo comprometeram ainda mais a qualidade das frutas (principalmente de variedades tardias), reduzindo o volume disponível no mercado de mesa. Nesta semana (04 a 08/03), a média da pera foi de R$ 44,82/cx de 40,8 kg, na árvore, praticamente estável (-0,8%) frente à anterior.

No caso da lima ácida tahiti, as chuvas acabaram acelerando o crescimento dos frutos nas árvores, sendo necessário o aumento do ritmo de colheita em dias de clima mais firme. Este cenário, aliado à redução dos preços oferecidos no segmento industrial (de R$ 20,00/cx para R$ 14,00/cx), manteve um maior volume disponível no mercado, pressionando as cotações. Nesta semana, a tahiti foi comercializada à média de R$ 14,41/cx de 27 kg, colhida, recuo de 16,5% em relação à passada.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, chuvas em SP, citricultura, citros, clima, cotação de laranja, demanda, oferta de laranja, oferta de tahiti, preços de laranja, preços de tahiti, produção

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui