18/07/2018

CENOURA/CEPEA: Após queda no início de julho, preços reagem em MG

Final da safra de verão e início de mês colaboraram para a alta

Por Eduarda Pinheiro e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CENOURA/CEPEA: Após queda no início de julho, preços reagem em MGVer fotos

Piracicaba, 18 – Na região de São Gotardo (MG), a produtividade e a qualidade das cenouras estiveram satisfatórias nos últimos meses, devido ao clima favorável para a produção (frio e seco). A média de produção, em junho, foi de 78 t/ha, aumento de 12,5% em relação ao mês anterior. Este cenário fez com que a oferta se elevasse a partir da segunda semana de junho, ocasionando excesso de mercadoria na região.

Deste modo, os preços foram bastante baixos na primeira semana de julho – a caixa de 29 kg da cenoura "suja" obteve média de R$ 5,20 em São Gotardo. Devido aos baixos valores e pouca demanda, parte das raízes do tipo "A" e "G" foram descartadas, uma vez que a cenoura do tipo "AAA" – padrão de mercado – apresenta melhor procura frente às demais.

Contudo, após o início do mês com preços baixos, os valores se elevaram em 164% a partir da segunda semana e as raízes foram vendidas a R$13,75/cx, em média. O principal motivo para a alta nas cotações foi a finalização da safra de verão, que reduziu a quantidade de raízes disponíveis no mercado, devido à transição entre a temporada de verão e a de inverno. Além disso, segundo colaboradores, o período de recebimento de pagamentos também contribuiu para melhor saída das cenouras.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cenoura, cenoura São Gotardo, Cepea, oferta de cenoura, preços de cenoura, produção de cenoura, produtividade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui