17/05/2019

BATATA/CEPEA: Preços se mantêm altos, apesar da ligeira queda

Oferta de batata continua baixa

Por Heitor A. C. Inácio, Lenise Molena e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Preços se mantêm altos, apesar da ligeira quedaVer fotos

Piracicaba, 17 - A batata padrão ágata especial teve ligeira desvalorização nos principais atacados brasileiros. Entre os dias 13 e 17/05, o produto foi comercializado em Belo Horizonte (MG) a R$ 134,02/sc de 50 kg (-10,65%), seguido pelo mercado do Rio de Janeiro (RJ), R$ 140,00/sc (-6,37%) e São Paulo (SP), a R$ 149,12/sc (-5,04%). Apesar dos recuos, os valores negociados seguem em patamares altos, já que a oferta continua pequena. Essa leve queda pode ser atribuída a vários fatores, como qualidade, diferença na oferta entre o final e início da semana devido às chuvas nas lavouras, estoques nos boxes e menor liquidez do produto frente aos elevados preços em que se encontram. As batatas mineiras estão com baixo calibre, o que resultou até mesmo em devolução de mercadoria nesta semana, de acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea. No atacado de BH, os valores estiveram de R$ 100,00 a R$ 180,00/sc.  

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alta, atacado, batata, Belo Horizonte, Ceagesp, ceasa, cotação, desvalorização, oferta, preço, produção, produtividade, rio de janeiro, safra, São Paulo, tubérculo, valor, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui