21/08/2020

BATATA/CEPEA: Com sobras e demanda fraca, preços caem nos atacados

Demanda deve seguir fraca na próxima semana

Por Luana Guerreiro, Juliana Acácio Toledo Parede e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Com sobras e demanda fraca, preços caem nos atacadosVer fotos

Piracicaba, 21 - Nesta semana (17 a 21/08), os preços da batata ágata tipo especial/saca de 50 kg caíram nos atacados. O valor médio ficou em R$ 87,33 (-7,05%) na Ceagesp, em R$ 80,58 (-7,23%) no Rio de Janeiro/RJ e em R$ 75,00 (-10,26%) em Belo Horizonte/BH. Dentre os motivos da redução, atacadistas relataram demanda retraída e sobras de batata nos atacados. Além disso, comentam que, desde o início da pandemia (março), o maior impacto tem sido na redução das vendas para os restaurantes e escolas, e que, mesmo com a reabertura do comércio, não houve uma recuperação visível da demanda nos últimos dias. O cenário de demanda pouco deve mudar na próxima semana, uma vez que é fim do mês, período fraco de vendas.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, batata, Belo Horizonte, Ceagesp, ceasa, coronavírus, cotação, covid-19, demanda fraca, desvalorização, pandemia, preço, quarentena, restrição, rio de janeiro, São Paulo, tubérculo, valor, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui