30/05/2018

BATATA/CEPEA: Caminhões começam a ser liberados e tubérculo chega ao mercado

Batata se valoriza 61,85% na Ceagesp

Por Heitor A. C. Inácio, Lenise Molena e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Caminhões começam a ser liberados e tubérculo chega ao mercadoVer fotos

Piracicaba, 30 - Devido às paralisações dos caminhoneiros até esta quarta-feira, os preços da batata padrão ágata especial seguem altíssimos no atacado paulistano (R$ 283,75/sc de 50 kg, +61,85%) na parcial desta semana (28 a 30/05). Neste período, apenas os atacados de SP receberam alguns caminhões de Minas Gerais. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, algumas mercadorias chegaram a ser escoltadas pela polícia. A situação do mercado é crítica, pois praticamente todas as regiões ainda não estão colhendo, como Guarapuava (PR), Água Doce (SC), Triângulo Mineiro e Ibicoara (Chapada Diamantina/BA). Os próximos dias serão determinantes para a retomada da rotina normal, que deve ser gradativa. Assim que a saída das batatas das lavouras forem se normalizando, pode haver queda significativa das cotações, já que com a greve concentrou muita produção nas lavouras. 

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alta, batata, caminhoes, caminhoneiros, Ceagesp, ceasa, cotação, desvalorização, fruto, greve, oferta, qualidade, tubérculo, valorização

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui