29/01/2021

BANANA/CEPEA: Ritmo de colheita da nanica deve aumentar em fevereiro

Janeiro é marcado pela desvalorização da variedade

Por Leonardo Caires e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BANANA/CEPEA: Ritmo de colheita da nanica deve aumentar em fevereiroVer fotos

Piracicaba, 29 - A oferta de banana nanica ainda é considerada controlada nas principais regiões produtoras – cenário que deve mudar no próximo mês. Isso porque o ritmo de colheita da variedade deve se intensificar no Vale do Ribeira (SP) e no Norte de Santa Catarina. Segundo agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, a produtividade registrada nessas regiões no período pode ser superior à do ano passado, devido ao clima favorável ao desenvolvimento dos cachos no início de ano, que contou com chuvas mais regulares.

Diante disso, agentes estão com receio de como o mercado deve ficar em fevereiro, demonstrando incerteza quanto à capacidade em absorver esse aumento de volume da nanica. Vale lembrar que janeiro foi marcado pela desvalorização da variedade, diante do mercado travado. Nesta última semana do mês (25 a 29/01), não foi diferente: a nanica de primeira qualidade foi vendida na média de R$ 1,69/kg no Vale do Ribeira, recuo de 7% frente à semana anterior – o fim de mês limitou a movimentação de grandes volumes, visto que compradores têm seu poder de compra afetado.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: aumento de oferta, banana nanica, Cepea, HF Brasil, norte de SC, preço de banana, previsão para fevereiro, queda de preço, Vale do Ribeira (SP), vendas fracas

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui