01/04/2021

UVA/CEPEA: São Miguel Arcanjo e Pilar do Sul finalizam safra

Temporadas foram consideradas positivas

Por Bárbara Castilha e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
UVA/CEPEA: São Miguel Arcanjo e Pilar do Sul finalizam safraVer fotos

Piracicaba, 1º - As colheitas de uvas em São Miguel Arcanjo e Pilar do Sul (SP) acabaram nesta semana (29/03 a 1º/04), adiantadas frente às expectativas, que eram de finalizar apenas em abril. Em 2020, a podridão negra e o míldio causaram aumentos no custo de produção e dificuldades na comercialização das bagas e, em conjunto com a pandemia de covid-19 no Brasil, restringiram a rentabilidade da safra passada. Nesta temporada, por outro lado, com o cenário fitossanitário mais positivo (e consequente melhor qualidade dos cachos), espera-se que haja aumento na rentabilidade em ambas as praças.

Em São Miguel Arcanjo, as podas verdes permitiram que a niagara fosse comercializada até o final de março, diferente das uvas do grupo itália, cuja colheita foi finalizada há algumas semanas. Com os volumes da rústica restritos no mercado (mesmo com a entrada das uvas de Louveira/Indaiatuba), nesta semana houve valorização de 5,6% nas bagas de São Miguel frente à semana passada, fechando em R$ 4,75/kg. Já em Pilar do Sul, as uvas finas estavam com produção reduzida desde o início do mês, e finalizaram em R$ 5,50/kg para a itália, alta de 10,0% na mesma comparação.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação, demanda, doenças, mildio, oferta, pilar do sul, podridão negra, preço, qualidade, sao miguel arcanjo, uva

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui