05/07/2019

UVA/CEPEA: Com mercado aquecido, preços avançam no NE

Cenário pode mudar na próxima semana

Por Laís Marcomini e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
UVA/CEPEA: Com mercado aquecido, preços avançam no NEVer fotos

Piracicaba, 05 - O mercado de uvas do Vale do São Francisco (PE/BA) está aquecido. Diante da oferta relativamente controlada, o ritmo de embalamentos está acelerado, e as câmaras com abastecimento baixo frente à demanda favorável. Ainda que atualmente positivo, o cenário pode se modificar: as baixas temperaturas tendem a “esfriar” o mercado de uvas de mesa. Além disso, as temperaturas mais amenas nos últimos dias frearam o desenvolvimento de algumas uvas, tornando a oferta ainda mais controlada.

Para a próxima semana (06 a 12/06), segundo a Tempo Agora, Petrolina (PE) deve ter mínimas de 18°C e máximas de 32°C, sem chuvas.

De modo geral, o mês de julho é caracterizado por oferta maior, principalmente para variedades com semente; porém, não é o que está sendo visto agora. Na primeira semana do mês, a itália na roça ficou à média de R$ 3,72/kg, enquanto a embalada foi cotada a R$ 5,50/kg, 24,2% e 15,7% superiores ao mesmo período de 2018, respectivamente.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: clima, cotação, demanda, juazeiro, Nordeste, oferta, Petrolina, preço, uva, vale do são francisco

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui