31/08/2018

TOMATE/CEPEA: Não tá fácil ser produtor de tomate!

Cotações são ainda mais pressionadas

Por Luana Guerreiro, Lenise A. Molena e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Não tá fácil ser produtor de tomate!Ver fotos

Piracicaba, 31 - Pela terceira semana seguida, o tomate salada longa vida se desvalorizou na Ceagesp. E entre os dias 27 e 31/08, o 2A e o 3A foram vendidos na média de R$ 11,86/cx de 20 kg (-25,89%) e de R$ 26,09/cx (-9,17%), respectivamente. Apesar de alguns produtos ainda manchados pelas chuvas estarem entrando no mercado, a qualidade, em geral, é boa. A elevada produtividade nas lavouras é o que gera excesso de oferta e pressiona as cotações. Aliado a isso, de acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, as vendas estiveram mais retraídas por conta do final do mês. Dessa forma, a situação do mercado de tomate pode ser mais positiva na próxima semana, quando os pagamentos devem ser realizados.   

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, Ceagesp, ceasa, colheita, concentração, desvalorização, fruto, maturação, oferta, produtividade, safra, solanácea, tomate, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui