14/09/2018

TOMATE/CEPEA: Mesmo com menor qualidade, cotações se sustentam no atacado

Chuvas na próxima semana podem prejudicar a qualidade do tomate

Por Luana Guerreiro, Lenise A. Molena e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Mesmo com menor qualidade, cotações se sustentam no atacadoVer fotos

Piracicaba, 14 - Uma parcela dos tomates provenientes da região de Mogi Guaçu (SP) esteve com a cor amarelada e com menor durabilidade nesta semana, de acordo com atacadistas da Ceagesp. Apesar disso, o preço ficou praticamente estável: entre os dias 10 e 14/09, o tomate salada longa vida 2A e o 3A foram comercializados na Ceagesp a R$ 17,69/cx de 20 kg (+1,96%) e a R$ 34,29/cx (+4,80%), respectivamente. Um dos motivos pode ser uma ligeira redução na oferta. Chuvas ocorreram nesta sexta-feira (14) e, caso se intensifiquem nos próximos dias, problemas com manchas podem ser observados, mas, por outro lado, a incidência de traça pode ser controlada nas regiões paulistas de Mogi Guaçu e Sumaré (que logo inicia a 2ª parte da safra de inverno).

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, Ceagesp, ceasa, chuva, clima, colheita, cotação, desvalorização, fruto, plantio, preço, produção, produtividade, qualidade, safra de inverno, solanácea, tomate, valorização, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui