03/05/2019

MELÃO/CEPEA: Baixa qualidade volta a afetar preços

Cotações oscilam e exigem cautela no atacado

Por Ana Raquel Mendes, Maria Giulia Marchesi e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Baixa qualidade volta a afetar preçosVer fotos

Piracicaba, 03 - Após um mês de altas consecutivas, o preço médio do melão amarelo no atacado paulista recuou 8% para o tipo 6 e 7 nesta semana (29/04 a 03/05). Segundo agentes do setor, esse movimento já era esperado, pois os preços já vinham subindo há algumas semanas, mas a qualidade da fruta ainda tem deixado a desejar – o que acaba desestimulando o consumidor.

Além disso, o feriado do dia 1º de Maio acarretou em acúmulo da fruta em alguns boxes atacadistas, fazendo com fosse necessário diminuir os preços para garantir a venda – principalmente para as miúdas, que chegaram a registrar as maiores oscilações e quedas nas cotações.

Com isso, o preço médio do amarelo tipo 6 e 7 foi de R$ 37,60/cx de 13 kg, valor que limitou bastante a margem dos atacadistas. Entretanto, vale destacar que para as frutas de elevada qualidade, os preços chegaram até a R$ 45,00/cx de 13 kg. Para a próxima semana o cenário ainda é incerto, mas pode haver novas e maiores oscilações nos preços e instabilidade no mercado, caso haja uma nova retração na demanda e os preços da roça se mantenham elevados.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Ceagesp, Cepea, cotações, HF Brasil, melão amarelo, preços, qualidade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui