22/03/2019

MELANCIA/CEPEA: Preços seguem em queda, com intensificação da colheita em São Paulo

Qualidade também limita avanços nos preços

Por Laleska Moda e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELANCIA/CEPEA: Preços seguem em queda, com intensificação da colheita em São PauloVer fotos

Piracicaba, 22 - Os preços das melancias paulistas continuaram em queda nesta semana (18 a 22/03). Além da oferta ainda elevada em Teixeira de Freitas (BA), a colheita em Marília/Oscar Bressane (SP) foi intensificada nos últimos dias, impulsionando o volume nacional da fruta. Já no Sudeste, as temperaturas mais amenas e as chuvas desaqueceram o mercado. Esse cenário fez com que a melancia graúda (>12 kg) fosse negociada, em média, a R$ 0,38/kg nesta semana, redução de 11,5% frente à passada. 

Outro fator que também vem afetando os preços é a qualidade inferior dos frutos: apesar de muitos agentes do Hortifruti/Cepea apontarem que as melancias de Marília/Oscar Bressane apresentam bom aspecto, algumas lavouras ainda têm incidência elevada de virose. Este fator, por sua vez, prejudica tanto a aceitação do consumidor quanto a produtividade. Já em Itápolis, grande parte dos frutos está com problemas de maturação (casca amarelada e interior esbranquiçado), devido às chuvas intensas das últimas semanas – limitando, também, as vendas. Para a próxima semana, a oferta pode permanecer alta. Além do maior volume em Marilia/Oscar Bressane, os trabalhos devem se intensificar em Itápolis (SP), o que pode continuar impactando negativamente as cotações.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: demanda, HF Brasil, itápolis, Marília/Oscar Bressane, melancia, oferta, preço, qualidade, São Paulo

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui