30/04/2020

MELANCIA/CEPEA: Preço quase dobra na roça

Baixa oferta prevalece sobre as cotações

Por João Pedro Motta de Paiva e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELANCIA/CEPEA: Preço quase dobra na roçaVer fotos

Piracicaba, 30 - Após atingir os menores valores do ano na semana passada, os preços da melancia avançaram com força nesta (27 a 30/04) em Itápolis (SP). Além da baixa oferta (que se intensificou na região, já que a safra deve se encerrar em alguns dias), houve leve reação da demanda. A graúda (>12 kg) foi comercializada à média de R$ 0,74/kg, aumento de 94,1% frente à semana passada.

Em Uruana (GO), as atividades de colheita da melancia estão em ritmo ainda lento, sendo a de mesmo calibre cotada a R$ 0,75/kg. Vale ressaltar que a safra 2020 goiana deve ter início mais efetivo a partir da semana que vem. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, mesmo com previsão de intensificação, a oferta em Uruana deve ser baixa em maio, já que muitos produtores reduziram os plantios previstos para os meses de março e abril. Além disso, em abril, chuvas prejudicaram as atividades de campo e de colheita.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: chuva, clima, coronavírus, cotação, demanda, GO, goiás, itápolis, melancia, oferta, plantio, preço, qualidade, safra, Uruana

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui