11/09/2020

MELANCIA/CEPEA: Oferta em GO excede disponibilidade de caminhões

Preços recuam na roça

Por João Pedro Motta de Paiva, Lucas de Mora Bezerra e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELANCIA/CEPEA: Oferta em GO excede disponibilidade de caminhõesVer fotos

Piracicaba, 11 - Os preços da melancia recuaram nesta semana (08 a 11/09) na roça. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, a intensificação da colheita em Uruana (GO) e o valor elevado do frete para carregamento – devido à menor disponibilidade de caminhões e maior oferta – pressionaram as cotações da fruta. De acordo com agentes, o volume nacional teve grande aumento, dado o pico das atividades em Goiás, que deve seguir com boa oferta até meados de outubro.

Enquanto isso, a safra já foi encerrada em Formoso do Araguaia, e está próxima do fim em Lagoa da Confusão. Além das duas principais regiões tocantinenses, há ainda a oferta em outros municípios, como Guaraí.

A graúda (>12 kg) foi comercializada a R$ 0,66/kg em GO, valor 14% inferior à semana passada, enquanto no TO, a de mesmo calibre foi cotada a R$ 0,64/kg, recuo de 13%. Vale ressaltar que, mesmo com o clima firme em SP, os preços podem não se sustentar se a disponibilidade de caminhões permanecer baixa – já que gera acúmulos na roça, além de elevar os gastos com frete.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação, demanda, melancia, oferta, preço

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui