28/08/2020

MANGA/CEPEA: Preço fica próximo da estabilidade no mercado interno do Vale

Cotações da palmer para exportação recuam

Por Felipe Spessotto e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MANGA/CEPEA: Preço fica próximo da estabilidade no mercado interno do ValeVer fotos

Piracicaba, 28 - Os preços da manga registraram poucas alterações no mercado interno do Vale do São Francisco (PE/BA) nesta semana (24 a 28/08). A tommy teve média de R$ 1,63/kg (+0,02%) e a palmer, de R$ 1,67/kg (-0,84%). No mercado externo, a tommy também registrou pouca alteração, mas a palmer teve queda significativa, de 12% no mesmo período.

Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, o cenário deve-se, principalmente, à colheita de manga osteen espanhola, variedade com características semelhantes à da palmer. Além disso, já são ofertados alguns lotes de keitt e kent, variedades bastante apreciadas no mercado europeu – o que diminui o interesse pela palmer. A partir de setembro, a previsão é de um aumento geral na oferta de mangas (não apenas do Vale do São Francisco, mas também em Livramento de Nossa Senhora (BA) e no Norte de MG), o que pode limitar altas nas cotações.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: colheita, cotação, demanda, exportação, juazeiro, keitt, kent, manga, oferta, palmer, Petrolina, preço, safra, tommy, vale do são francisco

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui