19/07/2019

MANGA/CEPEA: Preço cai, mas ainda é satisfatório

Com vendas fracas, frutas se acumulam no atacado

Por Laís Marcomini e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MANGA/CEPEA: Preço cai, mas ainda é satisfatórioVer fotos

Piracicaba, 19 - A manga vem apresentado preços satisfatórios na maioria das praças produtoras acompanhadas pelo Hortifruti/Cepea. Contudo, na Ceagesp, o mercado não está tão movimentado, e as sobras de mercadorias acumuladas desde a semana passada (15 a 19/07) reduziram o número de pedidos.

As vendas fracas são consideradas naturais para esta época do ano, ainda mais em semanas de temperaturas baixas, que vêm prejudicando o escoamento de frutas em geral. Além disso, compradores da capital afirmaram que as férias escolares também tiveram influência na redução do consumo no mês de julho. A expectativa é que o volume estocado na central atacadista siga alto, já que o clima deve continuar frio, e o final de mês se aproxima – momento em que o consumo é menor, diante do orçamento restrito.

Os reflexos foram sentidos nas roças: a palmer no Vale do São Francisco foi comercializada à média de R$ 1,82/kg, desvalorização de 6% frente à semana passada; em Livramento de Nossa Senhora (BA), foi vendida 19% mais barata, comercializada por R$ 1,65/kg. Para a tommy, as quedas foram de 22% (Vale) e de 13% (Livramento). 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: bahia, cotação, demanda, juazeiro, livramento de nossa senhora, manga, oferta, palmer, Petrolina, preço, tommy, vale do são francisco

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui