08/01/2021

MANGA/CEPEA: Com melhor escoamento, palmer se valoriza em Monte Alto/Taquaritinga

Alta é de 16,5% na semana

Por Deborah Tiemi Kubo e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MANGA/CEPEA: Com melhor escoamento, palmer se valoriza em Monte Alto/TaquaritingaVer fotos

Piracicaba, 08 - A colheita de manga palmer segue em bom ritmo na região de Monte Alto/Taquaritinga (SP) neste início de 2021. Apesar da boa oferta, produtores comentam que o escoamento melhorou nesta semana (04 a 08/01), não apenas no segmento in natura, mas também por parte da indústria, que tem sido bastante ativa nas compras. A comercialização com as processadoras chega a ter remuneração de R$ 0,55/kg, valor superior ao da safra passada (entre R$ 0,35 e R$ 0,40/kg). No caso do mercado de mesa, as cotações se elevaram nesta semana: a média de comercialização da palmer foi de R$ 0,83/kg, alta de 16,5% frente à semana passada.

Com relação ao calendário de colheita, a safra de tommy está praticamente encerrada na região. Já a palmer deve ter boa oferta até o dia 20 de janeiro, quando a disponibilidade deve se reduzir no mercado paulista. Segundo agentes locais, como está chovendo bastante em Monte Alto/Taquaritinga, a maturação das frutas está mais acelerada. Além disso, com a maior umidade, os focos de bacteriose estão aumentando, e produtores têm optado por acelerar a colheita, para evitar perdas com a doença.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação, demanda, indústria, manga, monte alto, oferta, palmer, preço, processamento, safra, São Paulo, SP, taquaritinga, tommy

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui