18/12/2020

MAMÃO/CEPEA: Problemas de qualidade e queda no consumo desfavorecem cotações de havaí

Frutas da época estão sendo preferidas

Por Wharlhey de Cássia Nunes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAMÃO/CEPEA: Problemas de qualidade e queda no consumo desfavorecem cotações de havaíVer fotos

Piracicaba, 18 - O mamão havaí também registrou queda nos preços nesta semana nas principais regiões produtoras. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, o cenário foi reflexo da queda no consumo, além de problemas de qualidade que foram sentidos tanto por produtores quanto por atacadistas – houve relatos de mancha-chocolate, principalmente nas frutas do Sul da Bahia. Assim, o havaí tipo 12 a 18 foi comercializado por R$ 1,65/kg na média das regiões Norte do Espírito Santo e Sul da Bahia, desvalorização de 7,5% frente à semana passada.

Para a próxima semana, os preços podem cair novamente por conta da demanda restrita – reflexo da aproximação das festas de fim de ano, quando outras frutas da época são priorizadas por consumidores.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: bahia, cotação, demanda, Espírito Santo, havai, mamão, mancha-chocolate, Norte do ES, oferta, papaia, preço, qualidade, sul da BA

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui