29/11/2019

MAMÃO/CEPEA: Chuvas afetam qualidade do havaí

Preços da variedade voltam a cair no final do mês

Por Gabriel C. Barbosa, João Victor Pereira e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAMÃO/CEPEA: Chuvas afetam qualidade do havaíVer fotos

Piracicaba, 29 - Nesta semana (25 a 29/11), as cotações do mamão havaí recuaram no Norte do Espírito Santo e no Sul da Bahia. De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, a demanda pela fruta se reduziu bastante, em decorrência do baixo poder aquisitivo dos consumidores no final do mês. Além disso, a qualidade do mamão não estava muito atrativa, já que foi afetado pelo grande volume de chuva nessas regiões.

Com as precipitações e as altas temperaturas, a maturação da fruta se acelerou, resultando também na colheita de calibres miúdos – padrões que são menos aceitos no mercado. Assim, o havaí tipo 12-18 foi comercializado por R$ 0,52/kg na praça capixaba, queda de 48% em relação à semana passada. Já na região do sul baiana, a média foi de R$ 0,58/kg, desvalorização 45% na mesma comparação. Para a próxima semana, produtores esperam uma possível melhora na demanda, devido ao início do mês, especialmente para o mamão havaí, que está com preços baixos.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, chuvas, demanda fraca, fim de mês, HF Brasil, mamão havaí, Norte do ES, preço de mamão, qualidade, sul da BA

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui