13/05/2019

HORTIFRUTI/CEPEA: Além de frutas in natura, CE se destaca no mercado de polpas

Produção tem sido destinada a outros países

Por Laís Marcomini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
HORTIFRUTI/CEPEA: Além de frutas in natura, CE se destaca no mercado de polpasVer fotos

Piracicaba, 13 – De acordo com a Abrafrutas (Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados), as indústrias de polpas do Ceará têm expandido seu market share. Além de abastecer o Nordeste, a produção tem se destinado a outros estados brasileiros e, também, para países da América do Norte, Europa e Oceania.

Mais da metade do volume da polpa cearense está presente na própria região, absorvida pelos seguintes estados: Paraíba (25%), Rio Grande do Norte (13%), Bahia (13%), Pernambuco (13%), Piauí (6%) e Maranhão (6%). Outros compradores estão nas regiões Norte e Sudeste, abrangendo Amazonas, São Paulo, Distrito Federal e Minas Gerais – cada um deles absorvendo 6% da produção.

A geração de empregos no setor também tem sido destaque, levando em consideração as 148 empresas do ramo de conservas, fabricação de sucos concentrados e de polpa de frutas, presentes no estado, segundo dados do Observatório de Pesquisa, da Federação das Indústrias do Estado do Ceará. Atualmente, a área com maior atuação é a Região Metropolitana de Fortaleza, importante compradora de frutas em Centrais de Abastecimento (Ceasas), como maracujá, goiaba, uva e abacaxi, para fazer polpa.

Fonte: abrafrutas.org

Tags: abrafrutas, Cepea, fabricação de conservas, indústrias de polpas do Ceará, market share, mercado de polpas de frutas, novos mercados, polpas de frutas, sucos concentrados

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui