19/01/2021

CENOURA/CEPEA: Preços podem cair ainda mais até o fim de janeiro

Safra de verão ganha força e eleva oferta em MG

Por André Camarotti e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CENOURA/CEPEA: Preços podem cair ainda mais até o fim de janeiroVer fotos

Piracicaba, 19 – O mês de janeiro se iniciou com queda nas cotações das cenouras em quase todo o território nacional – exceto nos estados do Sul.

O mercado começou a dar indícios de baixa já na segunda quinzena de dezembro de 2020, quando as vendas ficaram abaixo do esperado em MG e GO durante as festividades de Natal e Ano Novo. Além disso, com o início da colheita da temporada de verão, os preços médios daquele mês tiveram leve queda de 6,8% em relação a novembro, sendo a caixa de 29 kg de "suja" comercializada por R$ 28,26. Ainda assim, a rentabilidade dos produtores permaneceu positiva, com preços bem superiores aos custos.

Com a chegada de 2021, a colheita da safra de verão ganhou força, principalmente em São Gotardo (MG), o que elevou a oferta de cenoura. Com isso, os preços caíram de forma significativa: na parcial de janeiro (1° a 15/01), a caixa de 29 kg de "suja" foi comercializada à média de R$ 22,85, valor 19% inferior ao de dezembro.

No início de fevereiro, a expectativa é que ocorra um maior descarte nas lavouras, devido ao clima quente e úmido de verão – o que pode amenizar a maior oferta de raízes no mercado.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, colheita da safra de verão de cenoura, cotação de cenoura, HF Brasil, oferta de cenoura, preços de cenoura, produção de cenoura

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui