26/02/2021

BATATA/CEPEA: Se chover, próxima semana pode se iniciar com oferta mais restrita

Preços registram ligeira retração na semana

Por Victória B. de Ceni, Luana Chiminasso e João Paulo B. Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Se chover, próxima semana pode se iniciar com oferta mais restritaVer fotos

Piracicaba, 26 - Entre os dias 22 e 26/02, a batata tipo ágata especial/saca de 50 kg ficou em R$ 89,87 (-4,17%) em São Paulo (SP), em R$ 96,11 (-0,04%) no Rio de Janeiro (RJ) e em R$ 86,00 (-1,93%) em Belo Horizonte (MG). Devido ao pico de colheita da safra das águas, os preços seguem em queda neste mês de fevereiro. A quantidade de batatas que chega no atacado aumenta cada vez mais as sobras de um dia para o outro, além da maioria delas serem de qualidade mais fraca, o que acentua a desvalorização. As vendas também estão mais retraídas por conta do final de mês. Nesta sexta-feira, 26, devido à chuva nas regiões produtoras, houve alta nos valores, sendo mais expressiva no RJ, que devido à um acidente ocorrido hoje, 26, em uma das a rodovias de escoamento da batata, houve dificuldade ainda maior de receber mercadoria do PR. Se as previsões de chuvas se confirmarem no início da próxima semana, o mercado deve ser de preços mais altos.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, batata, Ceagesp, ceasa, chuva, compra, cotação, desvalorização, negociação, negócio, pico de safra, preços, safra das águas, tubérculo, valor, venda

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui