08/01/2021

BATATA/CEPEA: Início de ano tem queda dos preços

Apesar da desvalorização, preços se sustentam em patamares altos

Por Luana Guerreiro, Victória B. de Ceni, Luana Chiminasso e João Paulo B. Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Início de ano tem queda dos preçosVer fotos

Piracicaba, 08 - Entre os dias 04 e 08/01, as cotações da batata tipo ágata especial/saca de 50 kg ficaram em R$ 164,39 em São Paulo (SP), em R$ 143,86 no Rio de Janeiro (RJ) e em R$ 150,49 em Belo Horizonte (MG) – patamares de preços abaixo das três semanas anteriores. A desvalorização se deve ao início de colheita em Água Doce (SC), e ao ritmo um pouco maior da safra em outras regiões, como no Sul de Minas e Guarapuava (PR), apesar da desaceleração da colheita em Curitiba, Irati, Ponta Grossa e São Mateus do Sul (PR). Além da entrada de mais mercadoria, a demanda também foi baixa e alguns atacadistas comentaram sobre a qualidade inferior dos tubérculos, tendo problemas como por exemplo tamanho miúdo e cor da pele escura. Do início ao final da semana, os preços foram caindo mas ainda assim, continuaram em um alto patamar.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: água Doce, batata, colheita, desvalorização, guarapuava, intensificação de safra, Paraná, Sul de Minas Gerais, tubérculo

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui