30/07/2021

BATATA/CEPEA: Geada resulta em acentuada alta dos preços

Demanda segue fraca

Por Júlia Peron Baroni, Luana Chiminasso e João Paulo B. Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Geada resulta em acentuada alta dos preçosVer fotos

Piracicaba, 30 - Pela segunda semana seguida, os preços da batata tiveram alta, e nesta (26 e 30/07) foi bem mais acentuada. Como já dito na semana passada, embora a geada quase não tenha causado impacto na produção do tubérculo já formado, diante das perdas das áreas que serão colhidas dentro de algumas semanas, a colheita foi desacelerada, pois produtores devem escalonar a oferta do que restou. A batata tipo ágata especial/saca de 50 kg ficou em R$ 96,10 (+42,59%) em São Paulo (SP), em R$ 95,31 (+39,60%) no Rio de Janeiro (RJ) e em R$ 92,27 (+49,36%) em Belo Horizonte (MG). Além disso, chuvas no último final de semana em Vargem Grande do Sul (SP), também influenciaram na alta, já que dificultou a colheita. Atacadistas comentaram que a demanda ainda segue fraca, mas com a menor entrada a alta foi inevitável. Para as próximas semanas, a oferta deve seguir controlada.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alta, atacado, batata, Belo Horizonte, Ceagesp, ceasa, colheita, cotação, frio, geada, oferta, perda, preço, produção, produtividade, quebra de safra, rio de janeiro, São Paulo, tubérculo, valor, valorização, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui