17/12/2020

BATATA/CEPEA: Cotações recuam na parcial de dezembro

Porém, valores superam os custos em 108%

Por Juliana Acácio Toledo Parede, Luana Chiminasso, Luana M. M. Guerreiro, Victoria Brito de Ceni e João Paulo Deleo
Em parceria com
FMC
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Cotações recuam na parcial de dezembroVer fotos

Piracicaba, 17 – Na parcial de dezembro (1° a 15), os preços da batata lavada tipo ágata estão em R$ 120,36 (ponderado pela classificação) na média das lavadoras do País, valor 4% abaixo do registrado em novembro. Mas, apesar da queda, as cotações ainda estão em patamares bastante atrativos aos produtores neste mês: comparando-se aos custos de produção, que ficaram na média de R$ 57,73/sc em novembro, os preços estão 108% mais altos.

A queda em relação ao mês passado é atribuída ao maior volume ofertado na safra das águas, cuja colheita se iniciou em novembro e segue se intensificando, devendo chegar ao pico entre os meses de janeiro e fevereiro. Por outro lado, o cenário de sustentação dos preços em bons patamares é atribuído ao fato de que as primeiras áreas colhidas na temporada das águas são no Sul do País, região que registra quebra de safra, devido à falta de chuvas, e também redução de área – decorrente de problemas de produção no ano passado.

Para as próximas semanas, a oferta de batata deve continuar aumentando, mas a expectativa é que os preços médios se mantenham acima dos custos de produção durante toda a safra.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: batata, Cepea, colheita de batata, cotação de batata, HF Brasil, oferta de batata, perspectiva para o mercado de batata, preços de batata, safra das águas de batata

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui