19/03/2021

BATATA/CEPEA: Chuvas reduzem oferta, mas pandemia prejudica demanda

Preços recuam no decorrer da semana

Por Victória B. de Ceni, Luana Chiminasso e João Paulo B. Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Chuvas reduzem oferta, mas pandemia prejudica demandaVer fotos

Piracicaba, 19 - Entre os dias 15 e 19/03, a batata tipo ágata especial/saca de 50 kg ficou em R$ 94,58 (-20,33%) em São Paulo (SP), em R$ 96,67 (-19,65%) no Rio de Janeiro (RJ) e em R$ 98,49 (-13,33%) em Belo Horizonte (MG). Pela segunda semana consecutiva, o mercado iniciou a segunda-feira (15) com preços em patamares bem altos, por conta das chuvas do final de semana que limitaram as atividades de colheita. No decorrer dos dias, os preços foram caindo pela falta de demanda, reforçada pelo fechamento do comércio por conta do coronavírus. Na quinta-feira (18), os preços subiram nos atacados paulistas, devido às chuvas no Sudeste e Sul do País, principalmente no Rio Grande do Sul, que trouxe uma menor entrada de tubérculos. A sobra de batatas no mercado segue constante de um dia para o outro, diante das medidas mais severas de mobilidade em todo o País.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: batata, coronavírus, cotação, covid-19, demanda fraca, desvalorização, pandemia, preço, valor

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui