11/12/2020

BATATA/CEPEA: Chuvas novamente afetam o mercado

Expectativa é de intensificação da safra das águas

Por Luana Guerreiro, Victória B. de Ceni, Juliana A. T. Parede, Luana Chiminasso e João Paulo B. Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Chuvas novamente afetam o mercadoVer fotos

Piracicaba, 11 - Entre os dias 07 e 11/12, as cotações da batata tipo ágata especial/saca de 50 kg ficaram em R$ 157,14 (+3,93%) em São Paulo (SP), em R$ 149,77 (-1,46%) no Rio de Janeiro (RJ) e em R$ 160,48 (+14,07%) em Belo Horizonte (MG). No início desta semana, os tubérculos se valorizaram devido às chuvas, que dificultaram ou impediram as atividades de colheita, principalmente no Paraná. A partir de quarta-feira (09), com um menor volume de precipitações, a entrada do produto no atacado foi maior, fazendo as cotações caírem.  Além disso, a intensificação da safra das águas, por parte do Paraná, está aumentando a quantidade de mercadoria. A amplitude dos preços continua por conta da diferença de qualidade. A expectativa para as próximas semanas é de queda dos preços, em função da intensificação da temporada das águas, porém, com as chuvas previstas, esse cenário pode mudar.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alta, amplitude, atacado, batata, Ceagesp, ceasa, chuva, cotação, desvalorização, mercado, negociação, negócio, oferta, preço, qualidade, queda, solanácea, tubérculo, valor, valorização, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui