22/08/2019

BATATA/CEPEA: Agosto tem o preço mais alto dos últimos 15 anos

Queda de área está entre os motivos

Por Lenise A. Molena, Luana Guerreiro e João Paulo Deleo
Em parceria com
YARA
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Agosto tem o preço mais alto dos últimos 15 anosVer fotos

Piracicaba, 22 – Na parcial deste mês (1º a 21/08), a batata ágata especial foi comercializada, nos atacados paulistanos, à média de R$ 122,49/sc de 50 kg. Este preço é inferior apenas ao de agosto de 2004, quando foi registrada a maior cotação em toda a série histórica do Cepea (iniciada em 2001), de R$ 133,07/sc – valores corrigidos pela inflação.

O motivo? Diante de dois anos consecutivos de baixa rentabilidade na bataticultura, houve significativa queda de área para o mercado de mesa na safra de inverno. Além disso, alguns produtores adiantaram a colheita em julho, devido aos bons preços – reduzindo a oferta para agosto.

Apesar do menor volume, as produtividades estão positivas neste mês, pois o clima seco e ameno foi benéfico à produção – em pontuais casos, a produtividade tem superado 800 sacas por hectare. Esta condição climática também favoreceu a qualidade dos tubérculos, facilitando a comercialização.

Para os próximos meses, por outro lado, espera-se que as cotações se reduzam, devido ao período de pico de colheita da safra de inverno. Mesmo assim, a perspectiva é de que a rentabilidade ao produtor siga positiva.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: área de batata, Cepea, clima, cotação de batata, oferta de batata, preços de batata, produção de batata, produtividade, qualidade, rentabilidade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui