04/06/2021

BANANA/CEPEA: Poucas chuvas preocupam produtores em Linhares

Sobre o mercado da semana, os preços da prata recuaram

Por Leonardo Caires e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BANANA/CEPEA: Poucas chuvas preocupam produtores em LinharesVer fotos

Piracicaba, 04 - Os baixos níveis de chuva têm preocupado produtores de banana em Linhares (ES) desde abril. Para se ter uma ideia, maio registrou apenas 8 mm na estação da cidade, segundo dados do Inmet, quantidade 86% abaixo do esperado diante da normal climatológica do período (58 mm). Agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea alegam que, com a pouca chuva, a qualidade da fruta deve cair na região, sobretudo em questão de calibre (pois afeta o enchimento dos cachos) em áreas onde a irrigação não atende totalmente a demanda da planta. Além disso, os sistemas de irrigação são mais exigidos, o que está refletindo em um maior custo de produção.

Sobre o mercado da semana (31/05 a 04/06), a oferta de prata seguiu controlada em Linhares, mas, mesmo assim, os preços recuaram. A prata anã de primeira qualidade foi vendida na média de R$ 1,16/kg, valor 3% menor que na semana anterior. Este cenário ocorreu devido à virada do mês, que ainda não traz melhora no volume comercializado, aos entraves da pandemia em alguns centros compradores, e ao feriado Corpus Christi (03). Vale destacar que o preço da nanica segue mais baixo do que o da prata, o que intensifica esse cenário de vendas complicadas para a prata. Para a próxima semana, produtores de Linhares esperam que os preços se estabilizem, devido à possibilidade de maior volume de vendas no período.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: banana prata, Cepea, concorrência com nanica, falta de chuvas, HF Brasil, Linhares (ES), oferta controlada, preço de banana, queda de preço

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui